06 maio 2007

Festa do Vinho

A Festa do Vinho é um acontecimento que ocorre todos os anos por esta altura, termina sempre no dia 1 de Maio, embora se inicie 3 a 5 dias antes. O horário de abertura varia, mas normalmente é possível visitar o recinto entre as 9h30' e as 00h00'.
Este ano decorreu entre 25/04 e 01/05.
No primeiro dia, Dia da Liberdade, houve comemorações do 25 de Abril, inauguração da Festa com a Benção do Vinho, desfile Etnográfico, abertura oficial da festa, festival de foclore e actuação da Banda Juvenil da Sociedade Cultural.
No segundo dia, 26/04, Dia da Enogastronomia, às 16h deu-se o lançamento das jornadas de Gastronomia e a actuação do Grupo de Cavaquinhos da Sociedade Filarmónica Cartaxense.
No dia 27/04, Dia do Museu Rural e do Vinho do Concelho do Cartaxo, houve provas, apresentação de vinhos e projecção de documentários dedicados ao tema do vinho e à noite houve uma passagem de modelos.
No dia 28/04, Dia do Campino, houve além do que já têm conhecimento, a actuação da Associação Filarmónica União Lapense e o concerto ao vivo de Joana.
No dia 29/04, Dia da Rota do Vinho e do EnoTurismo, houve uma prova de cicloturismo à volta do Concelho, actuação da Escola de Acordeões da Sociedade Filarmónica Cartaxense e o concerto ao vivo José Cid.
No dia 30/04, Dia dos Municípios do Vinho, houve uma cerimónia de assinatura da escritura de constituição da Associação de Municípios Portugueses do Vinho- AMPV, a tomada de posse dos Corpos Sociais da AMPV, o colóquio "A reforma do sector vitivinícola e suas consequências", cerimónia de entrega dos prémios dos melhores vinhos da produção do VIII Concurso de Vinhos do Ribatejo e do XXIII Concurso de Vinhos do Concelho do Cartaxo, actuação da Sociedade Filarmónica Cartaxense , concerto ao vivo 4 Taste e encerramento do certame.

Este foi o programa da Festa do Vinho de 2007, para o ano logo se verá!

3 Comentários:

Blogger tom disse...

qué gran fiesta!! quiero ir!!!! :))))

Ya nos contarás, saludos Fatima!

14 maio, 2007 09:14  
Blogger Kalinka disse...

Pronto, já cheguei atrasada para a festa do vinho...
e, gostava de saber onde fica a tua «Casa do Lago» pois para a semana vou de férias cá dentro e vou por aí...quem sabe passo à tua porta.

Homens compram jornais na tabacaria da esquina, antes de subirem a Rua do Alecrim. Na loja onde se vende o bacalhau, havia barricas de sangacho, castanhas piladas, grão de bico ao litro e peixe seco.
Avisto o edifício da Câmara de Lisboa, belo e limpo, a fachada toda branquinha e trabalhada; chegamos à Praça do Comércio e entra na Rua da Prata, está prestes a terminar a minha aventura no eléctrico da carreira 15.
Tenho saudades desses instantes suspensos, sim, mas do que tenho mesmo saudades, é de me sentar no chão. Não no muro à beira do caminho, não na pedra à sombra da acácia, mas no chão mesmo.
É isso «saudades de Africandar»…

Beijitos.

17 maio, 2007 00:26  
Blogger Fatima Vinagre disse...

Tom: Es verdad! Saludos!

Kalinka: Fica ali próxima! Todos nós temos saudades desses momentos saudáveis e encantadores.
Saudações.

19 maio, 2007 23:51  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial