12 outubro 2006

PCR da Casa do Lago

Estes são os PCR da Casa do Lago.
Deverão estar a pensar: O que são PCR's?
Bem, na realidade são Puros Cães Rafeiros. Eheheh!

São os cães mais velhos da Casa, têm cerca de 6 anos.
O primeiro, é o Stuart e o segundo é a Boni. São irmãos, embora não pareçam muito!
Quando os fomos buscar ao canil municipal, tinham pouco mais de 2 meses. Eram tão foufinhos! Ainda hoje são uns queridos. Gosto muito deles.


Sabem porque é que o Stuart está deitado com uma pedrinha ao lado?

Porque sempre que nos vê chegar, vai cumprimentar-nos e trás uma lembrança para nos oferecer. Desta vez era uma pedra, mas podia ser qualquer outro objecto que estivesse mais à mão, ou melhor, mais à boca!



Quanto à Boni, adora tomar banho no lago e refrescar-se em qualquer poça de água que lhe surja quando está calor. Desta vez andava a brincar à apanhada com o Plattão.
Sendo uma cadela de médio porte, domina a Josefa (a pastora alemã). É tesa!
Quando arreganha os dentes, mete respeito! É super meiguinha para connosco.

Ambos foram treinados para não fazer mal a gatos, pelo que a Josefina anda à vontade.

6 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Bonita cancion y bonita casa. Una suerte disponer de una casa como esa.

12 outubro, 2006 08:59  
Anonymous Anónimo disse...

Bom dia Fátima...
Sabes, não tenho nemhum cão, mas se tivesse com toda a certeza seria um PCR
Um grande beijinho

12 outubro, 2006 10:08  
Blogger Daniele Marioli disse...

ciao!
Very well!
Go on!

12 outubro, 2006 11:54  
Blogger Reflex disse...

Que bonito perro :) les da regalos cuando llegan :)

Ah, el hombre no espanta pájaros, está vestido así porque en algunas fiestas religioso-pagans en Ecuador sacan a sus personajes míticos, en este caso, el diablo huma.

12 outubro, 2006 12:13  
Blogger Ana Ramon disse...

Olá Fátima. Várias vezes tenho parado frente ao teu blog, admirando as tuas flores e os teus animais. Faz-me inveja ver uma matilha a dar-se bem já que a minha, desde que morreu o cão líder, porta-se de tal maneira violenta que tenho dois machos separados para evitar que se matem. Tenho que ter paciência e aprender a resolver esta situação. Mas o que queria dizer é que é sempre um prazer visitar-te. Um abraço

12 outubro, 2006 13:33  
Blogger Fatima Vinagre disse...

Primeiro que nada quero agradecer todas as palavras queridas que me dirigiram. Sabem sempre bem serem ouvidas ou lidas!

Miguel Angel: Gracias! Tambien mi gusta mucho mi casa. Sin embargo, en mi opinión, no pienso que sea suerte, pues para mí es una cuestión de objetivos de vida.
Soñamos, idealizamos y poco y poco hemos venido a construirla, concretizando nuestros objetivos.
Gusté mucho de la visita. Vuelve siempre! Saludos!

Crix: Porquê "com toda a certeza"? Bj

Daniele Marioli: Ciao! Go on you too!

Reflex: Todos mis perros son muy queridos, cada uno a la su manera. Voy a darte más un ejemplo, el Plattão (lo Son Bernardo) con aquel cuerpo, da turrinhas en nuestras piernas, se sienta encima de nuestros pies y pide fiestas.
Cuanto a la fiesta religioso-pagans, nunca vi ninguna en vivo, pero son muy bonitas por lo que veo en los documentales. Saludos!!

Ana Ramon: Obrigado por teres escrito neste post, pois caso contrário nunca viria a imaginar que o viste várias vezes.
Quanto à tua matilha dar-se bem, depende da raça/personalidade dos cães que tens. Provavelmente, o que te acontece actualmente é teres dois machos com idades aproximadas e com a mesma estatura. Eles apenas estão a disputar o lugar para líder.
Deves repreendê-los (ralhando com eles!) na altura que por exemplo começam a rosnar um para o outro, (mesmo que não concordes!) e bater, com um jornal ou uma revista (nunca com a mão!), ao que está a provocar a situação. Passadas umas horas, quando já tiverem feito as pazes contigo, vais brincar com os dois, fazes bastantes festas e dás uma guloseima aos dois. Nesta altura já deverás ter todos os outros cães da matilha a brincarem também. Claro, que também deves dar atenção aos outros em simultâneo e algumas guloseimas também.
Num caso mais grave, além do supra referido deverás pôr o provocador ou ambos de castigo (fechados num canil, por exemplo) toda o dia, enquanto os outros não estão presos.
Ao fim, de algum tempo, os problemas dissolvem-se.
Espero é que não tenhas nem Rotweilers nem "Pitbul", porque são cães temperamentais e instáveis (gostam de ser eles a mandar e não, o dono!). Espero que te tenha ajudado! Bj e volta sempre!

13 outubro, 2006 00:13  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial